Suínos: valorização no preço do animal vivo na maioria das praças produtoras

Passado o período de Carnaval, o mercado de suínos apresentou valorização nos preços do animal vivo, e nos demais setores, estabilidade. Segundo análise de Douglas Coelho, sócio da Radar Investimentos,  os próximos dias serão de ritmo mais travado nas negociações, sem espaço para mudança de preço brusca nos preços das proteínas animais de forma geral. 

De acordo com dados do Cepea/Esalq referentes à quarta-feira (16), o preço do suíno vivo só ficou estável em Minas Gerais, em R$ 5,69/kg. No Rio Grande do Sul houve alta de 1,22%, chegando a R$ 4,99/kg, aumento de 0,79% em Santa Catarina, com preço de R$ 5,11/kg. O reajuste positivo no Paraná foi de 0,57%, com valor de R$ 5,27/kg, e de 0,36% em São Paulo, cravando R$ 5,61/kg. 

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 105/R$ 106 o quilo, enquanto a carcaça especial também não mudou de preço, ficando cotada em R$ 8/R$ 8,30 o quilo. 

Fonte:NotíciasAgrícolas