Padrasto é detido acusado de abusar sexualmente de enteada de 12 anos no Jardim Tangará II

Imagem de ilustração

Conforme apurado, na madrugada deste domingo (17/05) a Polícia Militar recebeu a denúncia de um desentendimento familiar, agressão de um padrasto a uma enteada no Jardim Tangará II, Tangará da Serra. No local, a Equipe PM ao realizar a entrevista à vítima (12 anos), ela relatou a todos que é abusada sexualmente pelo padrasto desde a infância (06 anos), sendo consumado o ato sexual aos 10 anos, e desde então a vítima sofre violência sexual constante de seu padrasto. Ao saber do caso a mãe, relatou à polícia que nunca havia reparado qualquer comportamento anormal na filha e nem do marido, possível abusador.

A vítima acompanhada de sua mãe e uma tia foi encaminhada à Delegacia para os procedimentos, o suspeito foi detido e encaminhado à delegacia e deverá ser autuado por estupro de vulnerável, com agravante por ter relação familiar, cuja pena mínima é de oito anos de reclusão.