Em Paranaíta, PM prende mais dois suspeitos por furto a agência bancária

Um dos suspeitos foi detido conduzindo um veículo na região central do município.

Após impedir um furto a uma agência bancária e prender um dos suspeitos em flagrante, na manhã de domingo (28.06) em Paranaíta, a Polícia Militar continuou as diligências e em poucas horas, prendeu mais dois homens (21 e 24 anos) envolvidos no crime. Dois revólveres, coletes balísticos, HDs do banco, coldres, 20 munições e diversas ferramentas foram aprendidos na ação policial.

A região foi cercada pela polícia com o apoio de policiais militares de Alto Araguaia, Força Tática, Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e outras equipes da PM para localizar outros membros da quadrilha.

A PM descobriu que dois homens que participaram da tentativa de furto ao banco trabalhavam em um supermercado em Paranaíta. A dupla prestava apoio ao primeiro suspeito de 29 anos preso em flagrante incendiando um carro para fugir, que confessou aos policiais que o plano inicial da quadrilha era roubar o estabelecimento comercial.

Durante diligências, os policiais localizaram o suspeito de 21 anos conduzindo um carro Fiat Uno no bairro Setor Piscina, ele foi abordado e preso. O homem confessou à polícia que seus comparsas sabiam do plano para o roubar o supermercado, mas que desconhecia do furto a agência bancária. O suspeito foi detido e entregue à delegacia.

O outro homem denunciado pelos dois comparsas presos procurou a delegacia e se entregou. Na ação da PM, foram apreendidos um carro Fiat Uno, dois revólveres calibre 38, 20 munições, dois coletes balísticos, coldres policiais e recuperados dois HDs retirados da Central de Monitoramento da agência bancária.

A tentativa de furto foi registrada na madrugada de domingo (28), a PM foi acionada após populares ouvirem barulhos dentro da agência bancária. De imediato, os policiais foram até o local e flagraram os suspeitos que reagiram atirando contra os policiais que revidaram, iniciando um confronto. 

Nas diligências, a PM flagrou um dos suspeitos ateando fogo no carro utilizado no crime, o homem atirou contra a equipe policial e foi imobilizado com um disparo de arma de fogo na perna. Preso em flagrante, o suspeito foi encaminhado ao hospital sem gravidade e em seguida entregue na delegacia. 

Importante

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Fonte: Assessoria PMMT