PM lança oficialmente o programa “Patrulha Maria da Penha”

Evento bastante prestigiado por diversas autoridades no dia 07 de agosto,14 anos da criação da Lei Maria da Penha



Nesta quinta-feira (06/08) foi lançado o programa “Patrulha Maria da Penha” no quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso, houve um evento para o lançamento oficial do programa “Patrulha Maria da Penha” onde o comandante comandante-geral assinou a portaria que torna oficial o programa “Patrulha Maria da Penha” em todo o Estado de Mato Grosso; o Comandante Geral assinou neste ato a portaria que oficializou o programa “Patrulha Maria da Penha” na PMMT.
Em Tangará da Serra/MT, a Polícia Militar por meio do 7º Comando Regional, tem realizado a “Patrulha Maria da Penha” desde março de 2019, para acompanhar e dar suporte às vítimas de violência doméstica. Na manhã desta quinta-feira (06/08), o Tenente Coronel PM Vanilson, comandante do 19º Batalhão da Polícia Militar em Tangará da Serra/MT e o 2º Tenente PM Marcelo, receberam a visita do Vereador Professor Sebastian para tratar de assuntos relacionados à Patrulha Maria da Penha, pois, hoje, dia 07 de Agosto, comemora-se 14 anos da criação da Lei Maria da Penha.
De semelhante modo, outros segmentos da sociedade e instituições.
Esta importante iniciativa é um trabalho desenvolvido em rede, isso é a “Patrulha Maria da Penha”. Hoje 07 de agosto completa-se 14 anos da criação da Lei Maria da Penha, um Marco para os programas e iniciativas que visam proteger a integridade em todos os sentidos da mulher. Rede de proteção da mulher é um trabalho que precisa ser integrado, precisa ser desenvolvido em parceria com todos os segmentos da sociedade. A violência contra mulher é uma violência oculta e as vezes até mesmo pelas vítimas por diversos aspectos.

“A “Patrulha Maria da Penha” em Tangará da Serra é muito efetiva e exerce um papel fundamental de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica. O Judiciário tem contado com sua ajuda nos casos que necessitam desse acompanhamento, e os resultados tem sido extremamente positivos. Noto que as vítimas se sentem acolhidas e amparadas com cada visita que a Patrulha Maria da Penha realiza. É um projeto maravilhoso e que merece todo o apoio da sociedade!” Salientou a Juíza da 2ª Vara Criminal, Doutora Edna Ederly Coutinho.