Avião caiu após pane, candidata ao Senado, Coronel Fernanda e assessores estavam a bordo

O piloto do avião conseguiu direcionar a aeronave até uma plantação, ninguém ficou ferido.

Um avião bimotor de pequeno porte que levava a candidata Coronel Fernanda (Patriota), que concorre ao Senado em Mato Grosso, fez um pouso de emergência na manhã desta quinta-feira (15.10) logo após decolar em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

A candidata, que tem apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), estava acompanhada de assessores e ninguém se feriu.

O piloto do avião conseguiu direcionar a aeronave até uma plantação. A aeronave, modelo Sêneca prefixo PT- WIP, teve alguns danos por conta do impacto da queda.

O avião caiu logo após a decolagem e tinha como destino Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, para compromissos e atividades da campanha da candidata.

Na rede social, a candidata gravou um vídeo no local do acidente e informou que está bem. O marido dela, Tenente Coronel Wanderson Nunes Siqueira, também a acompanhava.

Funcionários de propriedades próximas e outras pessoas que acompanhavam a candidata foram os primeiros a chegarem ao local e deram assistência.

Eleição suplementar

No dia 15 de novembro os eleitores vão escolher um dos 11 candidatos anunciados pelos partidos para disputar uma vaga no Senado por Mato Grosso na eleição suplementar.

A eleição suplementar irá eleger o candidato que vai ocupar a vaga no Senado aberta com a cassação de Selma Arruda, no ano passado.