Viaturas e ônibus são incendiados em Manaus após morte de traficante.

Cerca de 17 veículos, incluindo 7 ônibus e uma ambulância, foram incendiados na madrugada deste domingo (06.06) em Manaus.

A ordem para os crimes partiu de dentro de um presídio, de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-AM).

Os atentados acontecem após a morte do traficante Erick Batista Costa, apontado como chefe de uma facção do Rio de Janeiro que atua na capital amazonense.

Em razão do caos, todos os ônibus da cidade foram recolhidos. Não há previsão de volta ao normal, informou o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram).

Em nota oficial, a categoria sustenta que os ataques causaram “pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida”. O texto diz ainda que, “aparentemente”, os atos violentos têm caráter terrorista.

Por enquanto, não há informação sobre vítimas. Até a publicação desta matéria, também não havia a confirmação de pessoas presas.

Por Conexão Política